Lalá amou no Fashion Rio #2

Quer saber o que me deixou suspirando hoje no Fashion Rio? Conto já aqui! Sai apaixonada pelo desfile da Totem. Assisti ao lado da Bia Perotti e ficamos querendo tudo. Deu para sentir uma mudança na marca, que deixou a vibe extra-boho de lado. Os biquinis da Salinas estava lindo, mas ando em uma fase “rycah do resort” e só quero saber de maiô. Fiquei louca com esse azul. Desejo djá! Dá só uma olhada na minha listinha!

O estilo das modelos no Fashion Rio

Nada melhor do que se inspirar nos looks de quem está sempre em contato com os melhores estilistas e vestindo, antes de todo mundo, as roupas mais incríveis: as modelos. Apesar do friozinho que fazia no Rio de Janeiro, sabemos que o preto e a vibe rock and roll são, quase sempre, a aposta das meninas.

Bruna Tenório veste: body american apparel; calça H&M; bota Prada; jaqueta Me and City e colar de uma loja no Soho em NY.

Luana Teifke veste: calça de uma loja no Soho; blusa Zara; sapato Top Shop e bolsa Balenciaga.

Rhaisa veste: short My Philosophy; bota Tory Burch; camiseta Alexandre Herchcovitch e bolsa Chanel.

Thana veste: bolsa Balenciaga; bota Giamarco Lorenzi; saia de uma lojinha em Paris; blusa da All Saints.

Drielly veste: colete Commes des Garçons; bolsa Fendi; saia Alice + Olivia; blusa Urban Outfitters e bota Top Shop.

Luana Teifke veste: bolsa Balenciaga; jaqueta Zara Men e calça Cheap Monday.

Resumão de tendências do Fashion Rio Verão 2011

O post sobre os desfiles e estilistas são muito bacanas, mas melhor do que isso, é só quando pegamos tudo aquilo que rolou e selecionamos o melhor e o que mais bombou. Depois de muita ralação, bolhas no pé e olhar atento, tentei resumir para as minhas leitorinhas as tendências mais fortes do Fashion Rio. Assim, a gente já sabe o que comprar para poder usar agora e no verão que vem aí.

Candy Colors: Depois de um verão cheio de cores fluo, chegou a hora de acalmar os ânimos e apostar nos tons pastel! Os suaves e doces, como lilás, azul, verde-água, amarelo bebê, são a pedida!

Lady Like: Com ares de diva dos anos 50, os cortes em linha A, bem femininos, foram a aposta de vários estilistas. O estilo roqueira fica de lado para dar lugar à lady!


África: Estampas tribais, tons terrosos, amarrações e acabamentos naturais dão o tom étnico, porém não caricato, às roupas.

Macaquinhos: A peça única já está presente há algumas temporadas. Desta vez, ela vem repaginada em tamanho míni!


Mix de Tecidos: As estampas são um clássico da moda. Mas, desta vez, elas abrem espaço para o patchwork de tecidos. Texturas diferentes reunidas em uma peça única.