7 DICAS PARA CUIDAR DA CÓLICA DO SEU BEBÊ

Um dos principais motivos de choro em bebês, a temida cólica é bastante comum até os 3 meses de idade. Essa denominação utilizada para descrever um desconforto abdominal que ocasiona um choro de difícil contenção pode também se confundir ou ser algo muito semelhante a gases. Mamãe de segunda viagem, vivenciei isso com o neném Pedro e agora mais uma vez com Maria Luísa.

Alguns sinais podem te ajudar a identificar se o que aflige seu bebê é a cólica. Se seu neném encolhe as perninhas, arqueia as costas para trás, se estica e encolhe, fica com a barriguinha dura, o rostinho vermelho e eventualmente solta gases enquanto chora, é muito provável que tenha cólica ou gases. Como mãe, sei bem o quão angustiante é ver seu bebê com um choro de difícil consolo e, diante disso, resolvi compartilhar com outras mamães e papais algumas diquinhas valiosas sobre como aliviar a cólica de seus pequenos.

1) A primeira dica é aquecer o abdômen do bebê com um paninho morno. O calor ajuda a relaxar os músculos e alivia a cólica do bebê.

2) Ao que tudo indica, colocar seu bebê de barriga para baixo sobre o antebraço/mão ou sobre o colo ou abdômen do papai ou da mamãe pode ser uma posição que ajuda a diminuir as dores da cólica.

3) Uma leve massagem com movimentos circulares no abdômen do bebê também contribui para amenizar essa dor abdominal.

4) Deitar o bebê de barriguinha para cima e fazer movimentos de flexão nas perninhas em direção ao abdômen (como se estivesse pedalando) é uma ótima forma de estimular a eliminação de gases que podem estar agravando a cólica.

5) Um banho morno na banheira também pode ajudar a relaxar os músculos do bebê e acalmar sua dor.

6) Uma medicação adequada também pode ser a salvação nesse momento de aflição. Na minha experiência com o Pedro e agora com a Lulu, meu best friend oficial foi e continua sendo a Colic Calm. De fórmula homeopática e 100% natural, ele tem salvado aqui em casa! Costumo dar para a Lulu todos os dias no fim da tarde, dou na seringuinha mesmo e ela toma tudo que nem vê! Eu recomendo de olhos fechados, mas consultar seu pediatra também é um passo importante para cuidar do seu bebê da melhor forma.

Eles chegaram no Brasil e você consegue encontrar aqui.

7) Por último, mas não menos importante, minha dica para mamães e papais que enfrentam a cólica com seus bebês é: mantenham a calma e evitem que a aflição de seu bebê gere ansiedade em vocês. Manter minha calma é um dos meus maiores aliados quando se trata de consolar meus filhos. Me impressiona o tanto que eles sentem nossa tensão ou nossa calma, e nesse momento tudo o que mais queremos é que nossos filhos relaxem, não é?

Beijos, Lalá.

5 respostas para “7 DICAS PARA CUIDAR DA CÓLICA DO SEU BEBÊ”

  1. I was curious if you ever thought of changing the structure of your site? Its very well written; I love what youve got to say. But maybe you could a little more in the way of content so people could connect with it better. Youve got an awful lot of text for only having one or 2 pictures. Maybe you could space it out better?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *