Príncipe Harry no Brasil

 

Já esta apaixonada por ele? Ainda não. Então prepare-se para vestir a camiseta Marry Me, Harry depois de ver essas cenas do filho de Lady Di, o solteiro mais desejado. Doce como sua mãe, Harry provou, mais uma vez, que é genten como a genten. Se integrou, conversou, caminhou pelas comunidades do Rio de Janeiro, jogou volei,  rúgbi, brincou com a máscara de William e mostrou que não é preciso mais que simplicidade para ser tornar elegante!



57 respostas para “Príncipe Harry no Brasil”

  1. Estou adorando seus posts. Mais tenho uma crítica, as fotos, presentes nos seus posts nuncam são possíveis carregar, ou seja, nunca é possivel ver as fotos por completo

  2. Marry Me, Harry? Ai meu Deus, sinceramente, que ilusão. Ele não é “gente como a gente”. Ele pode se (tentar) integrar, em certas ocasiões, mas é um “nobre”, terceiro na linhagem de sucessão ao trono inglês, um dos herdeiros, portanto
    de modo algum ele seria “gente como a gente”. Tenho é pena dessas coitadas que ficam suspirando por ele. Se um dia ele se casar será com alguém que a família real (e conselheiros) aprove e que se comporte como eles esperam. Diana, a princesa do povo, sofreu muito com tantas exigências e regras.

      1. É verdade, mas ela está dentro dos moldes da realeza britânica e teve acessória para se portar à altura. Foi muito esperta em sua busca pelo posto. Desde que Eduardo conheceu Wallis Simpson, uma americana em processo de divórcio, e anunciou a sua abdicação, a realeza britânica teve que rever sua postura e engolir certos tipos, como por exemplo Camila, antes Parker-Bowles.

        1. Ai amiga, relaxe!
          Tudo não passa de uma ilusão/brincadeira própria da maioria das meninas (e por que não, mulheres?).
          Ninguém está realmente se atirando, nem perdendo noite de sono para se casar com o Harry. Provavelmente, a maioria das moças que estão comentando já são comprometidas e não estão largando seus pares por causa da ilusão do Harry (né Sra Lalá).
          Deixe-nos divertir fazendo campanhas para o príncipe se casar com cada uma de nós. Isso tudo faz parte do universo feminino romântico.
          Não leve tão a sério.
          …. E pra não perder a chance: “Marry me, Harry”, seu lindo.

  3. Ai, meu Deus. Isso é o cúmulo da ingenuidade. Já começa por aí ver o quanto não existe um real interesse com o que movimenta todo o país e o mundo. Qualquer ato de “solidariedade” gratuita resulta nessa adoração. Como o pessoal se contenta com pouco. Um melhor, com essa mediocridade que parece um pisca pisca apelativo.

  4. Luciana Alves, não precisa acabar com a diversão das meninas!!! E acho sim, que ele seja gente como a gente.. obviamente seu estilo de vida é diferente, mas imagino que ele seja pé no chão o suficiente pra entender que nem tudo é realeza!! E quando às pretendentes, não acho que ele vá se casar com uma integrante da familia real não.. sua ex namorada inclusive era do zimbábue, e NÃO se encaixava nos moldes da realeza… além do que o harry ja teve caso até com garçonete, então nem tudo está perdido meninas hahaha MARRY ME, HARRY!!!!!!

  5. Lalá, moro em Campo Grande, estava viajando e cheguei aki ontem (dia 14). Para minha surpresa quem estava por aki? Ninguém menos que o Harry lindinho. Mas nos desencontramos no aeroporto, por pouco não pego ele embarcando. Morri!!!

  6. Lalá, eu adorei o post! Onde vc achou estas fotos da Diana? Eu amoooooooo ver fotos dela, mas eu nunca consigo achar da epoca em que ela veio ao Brasil. Obrigada! Beijos!

Deixe uma resposta