O Backstage do André Lima

Para quem está sentado em uma cadeira, em uma das salas da Bienal, pode parecer que o desfile é muita badalação para apenas 10 minutinhos de mulheres na passarela. Quem pensa assim mal sabe o trabalho que existe por trás das cortinas, principalmente quando o desfile que vai rolar é de André Lima.

Carlos Carvalho, responsável pelo backstage da marca, me contou que cada vestido leva de 3 a 4 provas de roupa. “Aqui as roupas são feitas para o corpo de cada modelo. Não adaptamos. Cada modelo que você está vendo aqui tem uma réplica lá no ateliê.  Fazemos um projeto e depois o que vai ser desfilado”, relata Carlos,  aproveitando o momento para acertar o laço no vestido da modelo.

Ao contrário da maioria das marcas, onde as modelos provam vários vestidos até encontrar o seu, André praticamente faz um vestido para uma modelo específica. “Fazemos a atribuição do look antes mesmo da primeira prova. O vestido é feito pensando na Bruna antes mesmo dela vestir. Não provamos vários em uma mesma modelo, como em geral funciona nas outras marcas. Por isso não variamos muito o nosso casting. A nossa preocupação é com a perfeição.”

A prova de tudo isso estava nas cenas do backstage. Várias costureiras arrematando detalhes, passando costura.  Até mesmo André Lima se jogou no chão para verificar se a barra do macacão de Tana estava na medida certa.

FOTOS: Eduardo Lopes



0 resposta para “O Backstage do André Lima”

Deixe uma resposta