Dicas de Antuérpia – Bélgica

Assim que Camila Coutinho chegou em Rotterdan, criamos uma agenda bem feminina de programinhas para fazermos juntas aqui nas redondezas. Faz um tempinho que Aline Lobo me contou sobre os Seis da Antuerpia. Um grupo de estilistas bem malucões (Ann Demeulemeester, Dirk Van Saene, Marina Yee, Dries Van Noten, Walter Van Beirendonck e Dirk Bikkembergs) que pegaram um ônibus e foram até Londres mostrar um trabalho revolucionário no universo da moda.

Desde então fiquei louca para conhecer a cidade que abrigou estilistas que revolucionaram o mundo da moda. No ano passado eu não consegui chegar até lá, o tempo estava muito curtinho. Dessa vez dedicamos um dia para visitar. Saindo de Rotterdan se gasta apenas um horinha de trem. Bem fácil e nada cara. A passagem de ida e volta foi 25 euros.

A estação central da Antuérpia  já quase vale o passeio. Lindissima. Imponente. Ficamos bastante tempo fotografando por lá. Passamos por uma lojinha lá dentro da estação para comprar um mapa e seguimos para explorar a cidade.

O destino final era o museu da Royal Academy of Fine Arts, o MoMu. Saímos caminhando pela avenida que liga a estação ao museu e parando nas lojinhas!

Fomos parando sem destino certo. Fiquei louca com os vestidos da Karen Millen na promoção. Pena que não tinha muito tempo para provar e a loja estava bem cheia. Alias, as ruas da Antuérpia estavam lotadas! Gente caminhando para todo lado!

Umas comprinhas e MoMu. A exposição de chapéus de Stephen Jone é de perder o folego. Para Lalá que é louca por um acessório queria fazer a louca e levar tudo para casa. O valor do ingresso é só 6 euros. Bem em conta para os valores daqui e se você tiver menos que 25 anos só para um eurinho!

Saindo de lá caminhamos até a praça principal, onde fica a igreja. Gigante, belíssima! Pena que já estava escuro e não consegui tirar fotos decentes dela. A fome apertou e paramos para jantar no Ultimatum. Ele fica bem na frente da praça. Na verdade escolhemos pelo frio. Queriamos entrar logo em algum lugar para ficar quentinha. Que sorte. A comiga estava perfeita. Escolhi um coelho que vinha acompanhado de um “croquete” de batata. Hummmm!!!!! Ótimo custo benefício. Vinho + prato principal + sobremesa me rendeu uma conta de 25 euros. Bom demais, né?

Se estiver por perto de Antuérpia, não perca a chance de conhecer!



17 respostas para “Dicas de Antuérpia – Bélgica”

  1. Noooossa que legal,eu moro na Bélgica porem em Bruxelas,mas da proxima vez nao deixe de ir a Brugge é uma ciidade linda tanto quanto Antuerpia beeeijos :*

  2. Passei pela estação daí qdo fui para Amsterdãm e confesso que quase desisti para conhecer a cidade hahah Só a estação já é maravilhosa! Nossa, Europa é demais.. Vontade de conhecer cada cantinho! Curta mto essa oportunidade, viu? Beijão

  3. Lalá, em moro na Bélgica (Gent) e amo Antuérpia também. A Bélgica é um país maravilhoso, lindo, comida fantástica, chocolate, cerveja e batata-frita são os melhores do mundo!!!!!

    Fico feliz que vcs tenham gostado e que tenham mostrado para tantas leitoras como isso aqui é bom!

    Ana Carolina, vc mora em Bruxelas? Quem sabe não nos falamos?

    Bjs a todas.

  4. por acaso tambem estou na belgica em boortemerrbek e varias vezes vou ate antuerpia a zona dos portugueses e quando saio do comboio fico sempre maravilhado e de outro mundo grande estaçao mesmo merece visita pos interessados existem voos lowcost na ryanair para charleroi e podem apanhar um comboio e no prazo mais ou menos de 2 horas estao na estaçao abraço

Deixe uma resposta