Diário no Lapinha SPA

Não foi fácil imaginar que uma pessoa notívaga como eu fosse dormir as 21h30. Não tem jeito. A TV e a internet são desligadas nesse horário. Afinal, o objetivo é aproveitar o momento para meditar e conhecer a si mesmo. Lá fui eu, para a cama. Duas páginas de um livro e o sono já veio.

Despertador as 6:00h e me preparei para a caminhada pela fazenda. Foram 6 kilometros que passaram bem rápidos. No final, um caminho descalço pelo jardim e a terapia de kneipp. Um tanque com água bem gelada, onde damos umas voltas para ativar a circulação do sangue. O prêmio? Massagem nos pés que ganhamos dos professores no final.

Logo depois de um banho fui para a minha consulta com o Dr. Abel. A dieta não é imposta, afinal não tenho nenhum problema de saúde e não estou acima do peso normal. Dr. Abel indica, mas a escolha é sua. MEDO. O “menu” de dietas é enorme. Cada uma atende a seu gosto pessoal. Escolhi uma um pouco mais radical (500kcl) , já que só ficarei 6 dias por aqui. A base são frutas/verduras e legumes acompanhados por um queijo tipo tofu.

Fiz uma aula de hidroginástica (primeira vez na vida que achei isso legal) na piscina aquecida e logo já veio o almoço. Adequado à dieta que escolhi. Nessa hora você recebe uma lista para marcar qualquer alimento que não te agrada ou que você tenha alguma alergia: cebola/aipo… e assim vai. Não marquei nada. Gosto de me dar o prazer das experiências. Alface, rúcula, alho poró e beterraba cozida de entrada. Alcachofra com molho de mostarda e abobrinha como principal.

O mais legal é que tudo que é consumido na Lapinha é produzido e processado por aqui, sem nada de agrotóxico. Busca da dieta naturista e também do verdadeiro sabor dos alimentos. Aproveitei a tarde para fazer uma drenagem linfática maravilhosa. Aqui a lista de tratamentos possíveis é enorme! :). No lanche da tarde (sempre frutas) recebemos morangos e no jantar sopa de cebola.

Já sei o que você vai perguntar: Juro pela minha mãe que não fiquei com fome. Aliás, quero voltar aqui com a minha mãe. Toda essa filosofia é bem a cara dela. Já fiz várias amigas e estou me divertindo bastante. Sete horas da noite, sem internet (aqui chovia muito) fui ler e cai no sono. Nada mais do que agradecer um dia tão incrível.



19 respostas para “Diário no Lapinha SPA”

  1. Só um adendo.. nao é “kilometro” e sim QUILÔMETRO!

    Vamos passar o texto em um revisor gramatical antes de publicar né Lalá.. isso dá um ar de amadorismo… isso é uma dica de uma leitora que adora o blog e principalmente vc! =)

  2. Que legal, Lalá! Muito legal o diário! É outra coisa algum nos servindo a comida certinho né? Muito bom! Aproveita e boa sorte!! Agora uma curiosidade, qual o custo diário do SPA?

  3. Eu tô com fome só de ver sua dieta!!! Jesus… eu ia morrer de tanta fome… o lugar é lindo… mas essa dieta é de mataaaaaar!!! Coragem menina!

Deixe uma resposta