Absolut Akademi – Segunda Etapa

Já sabendo um pouquinho de como tudo funciona no mundo de Absolut, nosso segundo dia foi dedicado a ver de perto toda a produção da vodca. Acordamos bem cedinho e fomos tomar café da manhã em uma as fazendas que produzem winter wheat para Absolut. Um café na fazenda levado a sério. No meio do estábulo e do feno (Fico impressionada com o cuidado com da equipe Absolut, tudo é muito caprichado!). Comidinhas deliciosas e uma vista linda para a plantação. A dona da fazenda tem apenas 26 anos, uma loirinha simpática. Novinha demais, né? Um dos segredos de Absolut é produzir sua bebida apenas com esse tipo de grão. Eles não compram qualquer oferta do mercado. Somente o winter wheat, o “trigo de inverno”, que é plantado no sul da Suécia, durante o inveno, dá o sabor e a pureza que eles procuram.

Depois de comer todas as delicias da fazenda, fomos para os centros de produção de Absolut. Infelizmente não é possível fotografar na destilaria, no engarrafamento e no centro de distribuição, mas posso garantir que “É MUITA VODCA, BRASIL”. São mais de 600.00 garrafas produzidas por dia. Detalhe, eles não fabricam para vender. Eles só trabalham com encomenda. Tudo é checado mil vezes para que o sabor da vodca de Goiânia seja o mesmo de Berlim. Isso diferencia a Absolut da maioria das concorrentes!

Assim que terminou o tour nas fábricas era hora do típico almoço escandinavo. Meat balls com lingonberry, uma frutinha (que pode ser romã!) docinha! Dizem que é comida de mãe e eu não recuso nada que leva a etiqueta comida típica.Para completar o ritual, os suécos do grupo cantava enquanto brindavam e comiam. Bem engraçado. Eu dublava, claro! kkkk

Hora de respirar fundo, pegar as malas e voar para Stockholm. Chegamos e já paramos no IceBar. Aí que eu e Camila tiramos essa foto com luki de esquimó. É bem lindo e o efeito das luzes no gelo é lindo. Até os copos são feitos de gelo. Mas, aviso logo que não dá para ficar mais de meia hora. A temperatura média lá dentro é de -5 graus!

Malas no hotel, não dá para resistir: pausa para contar que o hotel (Nobis Hotel) é incrivel. Quem precisa de uma dica de hotel em Estocolmo e tem um budget mais livre DEVE ficar aqui. Além de ter um desing incrível, fica ao lado dos principais centros de compras e baladas da cidade (+ internet free e Ipad para você brincar!). Depois conto com mais detalhes!

Aproveitamos o resto do dia para a uma voltinha nos arredores do hotel. Amanha tem muito mais. Fiquem ligados que  tem muito mais nessa Absolut trip. Quero muito conhecer lojas suécas (não é H&M, hein! kkkkk) e contar tudo aqui! Stay tuned!Já sabendo um pouquinho de como tudo funciona no mundo de Absolut, nosso segundo dia foi dedicado a ver de perto toda a produção da vodca. Acordamos bem cedinho e fomos tomar café da manhã em uma as fazendas que produzem winter wheat para Absolut. Um café na fazenda levado a sério. No meio do estábulo e do feno (Fico impressionada com o cuidado com da equipe Absolut, tudo é muito caprichado!). Comidinhas deliciosas e uma vista linda para a plantação. A dona da fazenda tem apenas 26 anos, uma loirinha simpática. Novinha demais, né? Um dos segredos de Absolut é produzir sua bebida apenas com esse tipo de grão. Eles não compram qualquer oferta do mercado. Somente o winter wheat, o “trigo de inverno”, que é plantado no sul da Suécia, durante o inveno, dá o sabor e a pureza que eles procuram.

Depois de comer todas as delicias da fazenda, fomos para os centros de produção de Absolut. Infelizmente não é possível fotografar na destilaria, no engarrafamento e no centro de distribuição, mas posso garantir que “É MUITA VODCA, BRASIL”. São mais de 600.00 garrafas produzidas por dia. Detalhe, eles não fabricam para vender. Eles só trabalham com encomenda. Tudo é checado mil vezes para que o sabor da vodca de Goiânia seja o mesmo de Berlim. Isso diferencia a Absolut da maioria das concorrentes!

Assim que terminou o tour nas fábricas era hora do típico almoço escandinavo. Meat balls com lingonberry, uma frutinha (que pode ser romã!) docinha! Dizem que é comida de mãe e eu não recuso nada que leva a etiqueta comida típica.Para completar o ritual, os suécos do grupo cantava enquanto brindavam e comiam. Bem engraçado. Eu dublava, claro! kkkk

Hora de respirar fundo, pegar as malas e voar para Stockholm. Chegamos e já paramos no IceBar. Aí que eu e Camila tiramos essa foto com luki de esquimó. É bem lindo e o efeito das luzes no gelo é lindo. Até os copos são feitos de gelo. Mas, aviso logo que não dá para ficar mais de meia hora. A temperatura média lá dentro é de -5 graus!

Malas no hotel, não dá para resistir: pausa para contar que o hotel (Nobis Hotel) é incrivel. Quem precisa de uma dica de hotel em Estocolmo e tem um budget mais livre DEVE ficar aqui. Além de ter um desing incrível, fica ao lado dos principais centros de compras e baladas da cidade (+ internet free e Ipad para você brincar!). Depois conto com mais detalhes!

Aproveitamos o resto do dia para a uma voltinha nos arredores do hotel. Amanha tem muito mais. Fiquem ligados que  tem muito mais nessa Absolut trip. Quero muito conhecer lojas suécas (não é H&M, hein! kkkkk) e contar tudo aqui! Stay tuned!



0 resposta para “Absolut Akademi – Segunda Etapa”

  1. Estive ai em 2009 e AMEI essa cidade! Definitivamente quero voltar! As lojas de design são incriveis. Tenho pra recomendar uma marca sueca de roupas que se chama COS, dizem q pertence ao grupo da H&M, mas as roupas nao lembram em nada as da H&M. As roupas são lindas e compreço bem acessivel! Ja vi essa loja tb em Copenhagem e em Amsterdam…
    Ai em Stockholm fica na Rua Biblioteksgatan. Vale a pena conferir!

  2. Lalá minha querida,estou apaixonada por essa Absolut Trip!!!!Cada parada sua é um flash!!E eu daqui,babando pelas fotos e diquinhas…Essa sua foto e de Camis juntas ficou SHOW!!!!
    Mande-me tuuuudo,não me esconda naaaaaaada!!
    Beijocas!!

  3. Estocolmo é lindaaa! A minha dica é fazer o minicruzeiro pra Henlsinque – Finlândia. Custa 45 euros inlcuindo a ida + volta + cabine. Sai no final da tarde de Estocolmo, passa a noite no navio (tem free shop, festas, pubs, apresentações… td incluído), na manhã seguinte ancora em Helsique. Passa o dia lá e no final da tarde pega o mesmo navio pra voltar pra Estocolmo. Vale mto a pena 🙂 bjobjo

  4. Você é muito LINDA, e super elegante.
    Sigo o seu blog a pouco tempo…
    Mais agora entro todos os dias. rsrs
    PARABÉNS.
    E so uma pergunta…
    Essas botas de cano baixo e sem salto,
    ela combinam de “de boa” com short?
    rsrs
    E qual cor seria a mais adequada..?
    Pq tenho uma preta da arezzo também.
    Mais não sei combina-la com nada. rsrs
    BEEEIJOOOO linda.
    ;*

    [WORDPRESS HASHCASH] The poster sent us ‘0 which is not a hashcash value.

Deixe uma resposta