Ainda suspirando pela beleza da Neon

Lalá era uma pessoa nude. Em um mar de gloss, a única corzinha que aparecia eram os rosados. O batom Angel, da MAC, para ser mais específica. Mas, de dois anos para cá, quando fiz o meu primeiro trabalho com Theo Carias, fui apresentada para o Ruby Woo. Viciei. De lá para cá, um mundo de cores foi surgindo e já não sei viver sem a minha coleção de batons. Um jeans básico, uma camisetinha e o ruby woo. Pronto! É cara de rycah em 2 segundos. Deve ser por isso que não paro de suspirar pela beleza do desfile da Neon, no SPFW.

Deixe seu comentário, quero saber o que você achou!

4 respostas para “Ainda suspirando pela beleza da Neon”

  1. Nossa !!!! Super ousado esse batom azul …… se eu apareço com um desses meu marido fica roxo kkkkkk mas eu gosto , só não sei se tenho coragem.

O que você acha? Deixa seu comentário aqui!