Tricô com Gazi Massafera

grazi-massafera-271109Ela já me contou que ficava em casa aprendendo maquiagem com o Duda Molinos no Programa da Ana Maria Braga. Que fica no espelho tentando e tentando e tentando. Essa é a “genten como a genten”, Grazi Massafera.

Não existe outra possibilidade a não ser se apaixonar por ela. É doce, educada e sabe tratar a todos. Dons de uma verdadeira it girl.

Ela me disse que não deixa passar despercebido “quando vou fazer uma capa de revista, um editorial, eu fico de olho, adoro aprender”.  Ao pensar em uma festa, a primeira preocupação que vem a sua cabeça é “onde, o que é e a que horas será”. Esse é o primeiro passo de Grazi para a produção para uma festa. “Isso se der tempo. Quando estou muito apressada, faço um rabo de cavalo ou prendo com dois grampinhos e vai.”

O esmalte azul que carrega é o da cor de sua nova personagem, a Deodora, em Tempos Modernos. Não é o Blue Satin da Chanel, mas ela está amando. “Agora que tenho unhas estou toda toda, estou fascinada por esmaltes.” E as unhas são dela mesmo. Grazi usa muita base fortificante, porque roía muito!

Quer uma receitinha exclusiva de Grazi? Ela compra óleo de amêndoas na farmácia e pinga algumas gotinhas no hidratante. “Ajuda a hidratar a pele bastante. É verão, a gente toma sol, fica muito no ar condicionado… pode passar normalmente, como qualquer hidratante. Ele fica ótimo e não tão pegajoso como o óleo.”

No quesito maquiagem é bem básica. “Gosto de um bom rímel, um blush e batom cor de boca.”  Ela usa uma base bem fininha ou um protetor solar fator de proteção 50 que vem com cor de base na fórmula. “Já protege corrigindo.” Autobronzeador? “Tenho medo.” Pernas de fora? Grazi ataca com um hidratante que já vem com brilhinhos. Batom vermelho? Ama, mas não usa. Acha a boca muito grande! Ah, se Scarlet Johanson ouvisse isso! “Sou eu quem faço a maioria das minhas maquiagens. Mulher tem que saber! Se você é pega de surpresa para uma festa, tem que saber se virar. Eu ensino minhas amigas.” A última aquisição em make? Um jogo de pincéis! “Antes passava tudo com o dedo, agora estou aprendendo a usá-los.”

Grazi não tem medo de mico. Para cuidar do cabelo na beira da piscina, passa uma máscara hidratante e coloca um saquinho plástico na cabeça para ajudar a esquentar e ativar os produtos. Acho que nem assim ela fica feia, né? “Fico uma meia hora com o saquinho na cabeça e funciona muito bem.”

Para definir o seu estilo, Grazi se revela como básica: “A roupa demonstra a personalidade”. Como vive em um corre-corre, prefere roupas que possam circular em vários ambientes: “Sempre levo na bolsa um lenço, uma maquiagem e um casaquinho. Já saio de casa pensando em mil lugares que posso ir no mesmo dia. Tento estar sempre pronta para tudo. Vai que eu saia do trabalho e resolva ir ao cinema? Já estou preparada, não preciso voltar para me trocar”.

Dá para não amar??? Beijo, Grazi, me liga, me segue no Twitter!



54 respostas para “Tricô com Gazi Massafera”

  1. QUE A GRAZI É LINDA,BOM CARÁTER APAIXONANTE TODOS NÓS SABEMOS!
    MAS ELA PRECISA VOLTAR PRA SALA DE AULA,POIS NEM CONCLUIU O COLEGIAL.
    ISSO PRA MIM É IMPERDOÁVEL.

  2. A Grazi é linda querida simpatica…
    Muito simples e ao mesmo tempo chic!!
    Eu adoro ela!!
    é uma pessoa que tem personalidade, carater…
    Ao mesmo tempo que é mulher madura e uma menina alegre brincalhona …!!!
    beijosssssssssss
    SOU SUA FÃ!!

  3. Eu só gostaria de lembrar à querida Luiza, que muitas pessoas não tem as condições necessárias para poder fazer tudo direitinho como manda o figurino, por circunstâncias da vida acabam pulando algumas etapas, e se a Grazi não concluiu todo o ” colegial” com certeza foi porque não pode, pois pelo que sei desde muito cedo teve que ajudar sua mãe.Também acho que a educação é muito importante é a base, mas isso não significa que uma pessoa se torna inferior por esse motivo, já que a inteligência vai muito além de um simples diploma.
    E para concluir o assunto, acho que algumas mulheres tem um sério problema quando se deparam com mulheres bonitas, bem sucedidas e bem amadas, precisam sempre achar algum defeito ou algo que as inferiorizem. Se são bonitas são burras, se são sexy são vulgares e assim por diante. Resumindo é dor de cotovelo mesmo….

  4. Sem criar polêmica, gostaria de responder a Bel que a partir do Governo Itamar Franco, só deixou de comparecer a uma sala de aula realmente quem não teve interesse, por mais distante que as pessoas morassem o governo passou a disponibilizar meios de transportes para que conseguissem chegar á sala de aula. Grazi é o exemplo típico da menina que sempre quis vencer pela beleza, pois seu histórico sempre foi retratado por concursos de beleza. Um exemplo que posso citar á você é uma senhora de 45 anos que trabalha de doméstica na minha casa, e que a noite enfrenta uma sala de um supletivo de uma escola pública, e sonha com uma faculdade de Pedagogia, por acreditar que essa seja a única maneira de mudar de vida. E por não ser rodeada por pessoas como você, que acha que mulheres bonitas, bem sucedidas e bem amadas são sempre invejadas e não precisam estudar!
    Resumindo:se informe melhor sobre educação…

  5. Pelas resposta deixadas aqui, certamente os fãs de Grazi devem ter o mesmo grau de escolaridade dela.

    [WORDPRESS HASHCASH] The poster sent us ‘0 which is not a hashcash value.

  6. Se sem colegial (?) ela já é isso tudo, que dirá com esse tal de colegial!!!Mas afinal, o que é colegial??? Ah!!!!!!2º Grau, ensino médio, né? Ah, tá…

  7. Aproveito para saber da Luiza se o Brasil do qual ela está falando é o mesmo em que eu moro. Porque no meu Brasil, estados como Piauí, Maranhão, Roraima, Acre , Pernambuco e Alagoas, possuem um déficit superior a 40% na relação “vaga no ensino público/ criança”… e quanto ao transporte escolar gratuito, dispenso comentários…prefiro sugerir uma visitinha aos rincões do nosso Norte-Nordeste, ou dar uma olhadinha no EDUCACENSO 2009!
    Beijos a todos

  8. Pingback: Casino 1274949117
  9. Pingback: Casino 1276718001

Deixe uma resposta