Cabelos radiantes

Ninguém gosta de olhar no espelho e ver fios opacos e sem vida. O Brilliant Defense, da Senscience, é um spray feito com silicones, que fornecem brilho e maciez para os cabelos com apenas algumas borrifadas. Esse é um truque bastante usado nos salões de beleza badalados para fazer com que os fios pareçam mais hidratados. O produto também protege dos raios UV e do desbotamento da cor. Pode ser aplicado com os cabelos úmidos ou secos. Três leitoras de CONTIGO! fizeram o teste.

”Ele realmente deixa os fios com brilho. O cheiro é agradável, mas some logo após a aplicação. Reparei que o cabelo não armou durante o dia. O aspecto fica natural”
Denise Bispo, 34, professora

”Além de eu ter pouco cabelo, ele é oleoso na raiz. Passei apenas um pouco do spray, para não ficar pesado. O resultado foi bom e o efeito durou até o dia seguinte”
Marlene dos Anjos, 39, manicure

”Sempre uso meu cabelo liso. Passei antes e depois de fazer a escova e o produto deixou os fios leves, soltos, com aparência de limpos e com brilho. Já usei sprays similares, a maioria deixa o cabelo oleoso”

Alessandra Libanio, 29, administradora


Fios bem domados

Foto: Isaac Luz

Giulia Gam
”Meu cabelo é curto e fino, por isso, quando vou para algum lugar especial uso um spray de volume. Não gosto de passar mousse, precisa ser o antigo laquê mesmo!”


Foto: Rafael Campos

Cissa Guimarães
”Costumo usar um produto chamado RD, um composto de proteínas, que ajuda bastante a hidratar os fios. Depois, faço um rabo de cavalo e estou pronta”


OS VALORES FORAM PESQUISADOS EM 15 de outubro de 2009 E PODEM SOFRER ALTERAÇÕES. A DISPONIBILIDADE DAS MERCADORIAS DEPENDE DOS FABRICANTES. LIGUE ANTES DE COMPRAR

Deixe seu comentário, quero saber o que você achou!



2 respostas para “Cabelos radiantes”

  1. Prezado Internauta do ‘Style de Lalá Noleto’, com vistas para a linda e talentosa Danielle Winits (dona de uma ‘saúde’ exuberante e apetitosa, objeto dos meus mais recônditos sonhos), para a também linda e talentosa Cissa Guimarães (a ‘estrela’ das calcinhas à mostra), para o desconhecido ‘artista plástico’ Jorge Barata (um zero à esquerda, segundo o Ziraldo e eu confirmo) e para o Paulo Cesar Pereio (crápula, asqueroso e fedorento…)

    Deu em O Dia Online (10 março 2010): E a fila continua andando no Brasil. Cissa Guimarães é a mais nova solteira, pondo fim ao namoro de quase um ano com o artista plástico Jorge Barata. “Não quero falar da minha vida pessoal”, desconversou a atriz. “O que posso dizer é que emocionalmente estou ótima”, disse ela a PG3.

    Deu no Portal do Leão Lobo: Chegou ao fim o relacionamento da atriz apresentadora Cissa Guimarães com o artista plástico Jorge Barata, que estavam juntos há três anos e sempre eram vistos trocando beijos apaixonados em tudo que é lugar do Rio de Janeiro. Cissa, que atualmente comanda o quadro “Gentem…como a gente” dentro do “Vídeo Show” se recusa a comentar os motivos do rompimento, alegando que está “emocionalmente ótima”.

    Ilações dessas notícias:

    Internautas, temos de reconhecer que, nesse momento em que temas tão triviais e mundanos alçam-se às manchetes da mídia, detectamos que ninguém supera os mineiros quanto às conquistas femininas, deixando os cariocas, paulistas e paranaenses babacas como eu chupando dedos. Aécio Neves está aí mesmo, atacando em todas as frentes, desde concursos de misses até ensaios de Escolas de Sambas, para confirmar o fato, pois mulher bonita que passa na frente do neto do Tancredo é ‘creu’, mas há também outros mineiros agindo e ‘comendo quietos’.

    Portanto, veja o site abaixo com as proezas de outro mineiro matreiro, o Rei das Estagiárias, Francisco Barbosa, comunicador da Rádio Tupi do Rio de Janeiro, ícone da Rua Halfeld de Juiz de Fora, atualmente um emérito ‘matador’ de mulheres (como bom mineiro, ele nega tudo), seguindo a trilha do Mariel Mariscott (In Memoriam), o Doca Street (antes de se tornar assassino), o Vando, o Daniel Filho, o Marco Paulo, o Fábio Jr., o Tarcísio Meira (pai, o filho é bichona) e aproximando-se até do Raul Mascarenhas, o saxofonista das noites cariocas e dos bistrós parisienses.

    http://community.webshots.com/user/ultimas_da_juju_carioca

    Mas o Raul é ‘barra-pesada’, quase hors-concours. No seu curriculum consta a Fafá de Belém (deixou filha), a Cissa Guimarães (deixou filho, ex-Paulo César Pereio (*) ver nota abaixo), a viúva Tom Jobim (uma parceria musical!), a cantora Joyce, a Gal Costa (até ela!), a Lucinha Lins (ex-Ivan Lins; o filho de quem é?), a Ângela Vieira mas rejeitou a Suzana, a Vera Fisher (o Raul não suportou a ‘barra’ e saiu de fininho!), a Zizi Possi (deixou filha, ex-Ângela Ro Ro), a Vanda Sá (ex-Edu Lobo; o filho de quem é? Sim, porque com o Raul tudo é possível!…), a Cássia Kiss, a Kate Lyra (atual ou ex-Carlinhos Lyra), a Flávia Alessandra (ex-Marco Paulo), a Senadora Patrícia Gomes (ex-Ciro Gomes, que desde então se tornou corno manso e alvo preferido dos comentários do ‘trovador’ cearense Falcão) e uma infinidade de starlets e socialites (dizem que até a Carmen Mayrink Veiga, no início de sua ‘carreira’, dele), que fazem tudo pra ter um ‘caso com o Raul’. E olhe que o Raul é radicado em Paris, França; imagine se ele desse expediente integral no Brasil!…

    ( * ) – Cissa, Cissa, como V. pôde, no auge de seus encantos e juventude, se envolver com uma escória nojenta como o Paulo Cesar Pereio, um sujeito abjeto, desprezível, calhorda, grosseirão, péssimo ator, só se expressa usando palavrões (que fazem corar os Cassetas), viciado em todos os tipos de drogas, alcoólatra, caloteiro (ele me extorquiu um bom dinheiro, alegando problemas de saúde na família e até hoje não me pagou. Que asno que fui ao confiar no Pereio!); diz-se machão mas é um notório homossexual (daqueles tipos gaúchos que nós paranaenses conhecemos bem), fedorento, asqueroso, checheiro (caloteiro de protistutas) e tudo o mais? Imagino que V. deve ter acessos de vômitos quando se lembra dessa besteira que fez em sua vida.

    Cissa, como foi o momento em que V. apresentou essa m… do Pereio (com certeza cabeludo, fedorento e com mau hálito proveniente de bebida e falta de higiene) na sala de visitas de sua família, com seus respeitáveis pais D. Maria Edith e Sr. Ugo de Castro, parentes e vizinhos amigos presentes (“Manhêe, esse é o Paulo, ele é ator e dramaturgo, o futuro Lawrence Olivier e Eugene O’Neill do Brasil. Apenas ele não é chegado a um banho…”.

    Imagino que deve ter sido constrangedor para V., uma moça linda, requestada pelos melhores rapazes da Zona Sul do Rio de Janeiro (incluindo eu mesmo, só que em segredo, devido à minha timidez doentia). Responda, minha doce Cissa, como V. pôde se conspurcar e embarcar numa furada dessas, que se concretizou sem contestação quando o dito do Pereio se superou a si mesmo em sua canalhice quando fez, recentemente, referências grosseiras aos seus órgãos íntimos e estado psicológico, que não as reproduzo aqui em respeito às mulheres? Pergunto a qualquer um: poderia nesse mundo haver uma atitude mais aviltante que essa? Responda, minha doce, Cissa.

    A propósito, minha linda paixão Cissa, já que V. se desvencilhou desse desconhecido ‘artista plástico’ babaca e cafetão Jorge Barata (um sugestivo nome…), que tal agora juntarmos nossos trapos e vivermos a vida que sempre sonhamos? Se V. topar, dou umas longas férias para a minha patroa Isaura no Piauí, vendo meu Dodge Dart, compramos uma Kombi usada e nos mandamos para Belfort Roxo, onde já detectei um terreno baldio, ao lado da ‘Comunidade’ do Rato Molhado.

    Com os melhores respeitos do

    Marcelo Madureira
    cassetasplaneta@gmail.com.br

Deixe uma resposta