Calvin Klein: 40 com corpinho de 20

“Não há nada entre eu e meu Calvin Klein.” A frase eternizada por Brooke Shields, foi uma entre as diversas estratégias polêmicas de marketing da Calvin Klein, marca que completa 40 anos de história.

Sempre atual?
Uma das respostas à longevidade da grife é o simples fato de que, com um vestido CK, você não precisa se preocupar com jóias ou sapatos. Ele se basta. Além das campanhas fortes, que fazem qualquer mulher desejar ser uma garota CK.

Montagem

Mais por menos
A marca sempre foi a cara de seu dono, o próprio Calvin Klein, que se afastou em 2003 e hoje é visto sempre bronzeado dando pinta nas ruas do Rio de Janeiro. Passou o trono para o mineiro Francisco Costa, que soube carregar esse legado mantendo as características fundamentais da grife e, mesmo assim, evoluir o estilo. Estilo sempre simples, descomplicado e moderno, no qual o menos é mais. Power orgulho do conterrâneo. À frente da marca, Francisco recebeu, em 2006 e 2008, o maior prêmio para estilistas da moda americana, o CFDA. Dedé, como é chamado pelos mineirinhos íntimos, já foi comparado pela imprensa americana a Coco Chanel.

Montagem

Uma atitude
A lista de celebridades que usam e abusam dessas linhas minimalistas e arquitetônicas é interminável. Começando com Kate Moss, passando por Wanessa Camargo e Scarlett Johansson. Vestir CK é ser sensual, mesmo escondendo as formas. É mais que carregar uma marca, é levar uma atitude. Lalá assina embaixo.

Galeria de fotos Calvin Klein



10 respostas para “Calvin Klein: 40 com corpinho de 20”

  1. ray_felnes@hotmail.com::Rayane Félix::Olá Contigo td bom,bem…pra mim tds os vestidos são maravilhosos com exceção ao da Wanessa Camargo,td bem é um CK,mas eu sou realista,ele é feio e ela foi infeliz em sua escolha,mas como se diz,gosto cada um tem o seu,valeu, um abraço…

Deixe uma resposta